Em nome da verdade

Em busca da verdade percorri noites estranhas planícies enormes, e luas negras em voltas em trevas… Em busca da verdade encontrei, demônios perdidos, anjos arrependidos, almas com cara de poucos amigos… Em busca da verdade dei de cara na porta, escrevia com letras mortas, me precipitava, e me entretia, ao assistir, cenas de putaria… EmContinuar lendo “Em nome da verdade”

Em busca de um nome…

Correu o homem na memória, Foi buscar seu nome na história Visitou um passado de laços complexos e enebriantes, Escolheu uma recordação, por si só, menos extenuante… Ao chegar ao antigo palácio de reis alados, viu que seu nome, estava lançado, num ritual sagrado Nem Circe, nem as sereias poderiam libertá-lo, seu feitiço, era próprio…Continuar lendo “Em busca de um nome…”

Caio Junqueira

Vou ser sempre fã… Quem gosta, curti, ama cinema, quem acompanha novelas, minisséries, seriados, sabe e tem conhecimento da grandeza do talento, da presença enorme que emanava da sua pessoa… Engraçadinha, Tropa de Elite, A Lei e o Crime, e tantos outros trabalhos que ficaram e deixaram sua marca, sua pegada, e imagem eternizada… QualquerContinuar lendo “Caio Junqueira”

Não olhe… pra trás

Dylan, Já dizia Não olhe pra trás Nem precisava, é da nossa natureza nunca se apegar nunca lamentar, ou chorar o leite derramado… Não olhe para trás… Já dizia o mago das agulhas ‘arrependimento deixa o homem broxa’… Não olhe pra trás… Já ensinava a bíblia… Quem olha fica no passado E da vida euContinuar lendo “Não olhe… pra trás”

Cotidiano

Os carros passam acelerados, se jogam ao destino, inusitado… Os carros voam desesperados, se perdem no caminho num lugar, equivocado… Os carros param sem paciência, aguardam, que atravessamos seu domínio, por excelência… As ruas movimentam-se sem se mexer, Há um fluxo humano, desejoso por sol calor, e prazer… As ruas se movimentam sem ao menos,Continuar lendo “Cotidiano”

Pra nós…

Bem vindos a todos aqueles que novamente voltarem a frequentar a curtipoesia.online… Sempre básico no que tenho a dizer, só posso falar que é o mesmo blog numa casa nova… meu nome contínua o mesmo de sempre, assim como todo o conteúdo segue no mesmo caminho, o pseudônimo é outro, algo que variei no decorrerContinuar lendo “Pra nós…”