Sem Destino

Easy Rider (no original) é um daqueles filmes que para o cinéfilo de carteirinha é tipo “tem que assistir ao menos uma vez na vida”… É também o tipo de filme que se tu for fã de cinema, talvez, tenha questionamentos pessoais pra se fazer… É a segunda vez que assisti ao filme, e pela segunda vez não consegui uma sintonia… São poucos os filmes incensados que eu assisti e não me diz nada… Tem filmes que caem no gosto do público, da mídia, de uma galera grande e viram fenômenos, sucessos, mas, por alguma razão, no sentido pessoal, não te diz muito ou nada… O filme em si: 02 motoqueiros traficantes, viajam em suas máquinas pelas estradas americanas, no final dos anos 60, em plena época de profundas transformações nos valores da sociedade (não só americana) da época… Não visualizam o futuro, a não ser a curtíssimo passo, não parecem ter muitas expectativas além do que rola no presente… Um dos motoqueiros é feito pelo Dennis Hopper (também diretor), um personagem tipo escroto (opinião pessoal) e outro feito pelo Peter Fonda, envolto numa vibe existencial… No percurso da dupla de amigos encontramos um solitário (fugindo do passado) a pegar carona,
encontramos uma trupe de artistas, entre esses a figura do Roberto Walker Jr. filho do querido (meu favorito) psico-sociopata mor do Hitchcock (Pacto Sinistro) Robert Walker… encontramos mulheres, e entre elas, Toni Basil uma jovem (marcante) com discurso politizado… mas, o principal, é o encontro com o jovem Jack Nicholson… Com 32 anos na época, o ator já tinha feito alguns filmes, mas, ainda não havia decolado… Easy Rider, trouxe a oportunidade de mostrar ao mundo a que veio e o seu valor… O sucesso do filme o encaminhou pra um estrelato que mantém até hoje, 50 anos depois… Enfim, Sem Destino é um clássico do cinema, um clássico da sua época, e geração (contracultura), e tem realmente de ser visto ao menos uma vez na vida, nem que seja pra dizer, (meu caso) que não rolou química entre a obra e seu expectator… ps; trilha sonora é puro rock incluindo a clássica Born To Be Wild do Steppenwolf…

03🔸🔸🔸

Para além do cine, pra quem curte astrologia, e gosta de saber mais sobre seus ícones, o básico do básico…

✳ Jack Nicholson, nasceu dia 22/04/1937, com o 🌞 passando por ♉, a 🌕 em ♍, e o signo de ♌ no Ascendente
✳ Dennis Hopper, nasceu em 17/05/1936, com o 🌞 também em ♉, a 🌕 em ♈, e o signo de ♐ no Ascendente
✳ Peter Fonda nasceu em 23/02/1940 com o 🌞 em ♓, a 🌕 em ♍, e o signo de ♊ no Ascendente
✳ Karen Black, nasceu em 01/07/1939 com o 🌞 em ♋, a 🌕 em ♑, e o signo solar ♋ no Ascendente
✳ Robert Walker Jr. nasceu em 15/04/1940 com o 🌞 em ♈, a 🌕 em ♋, e ♉ no Ascendente

Paulo Alfuns

MV5BOTlkNTYwZWQtZTZlNC00YmY2LWI1OGYtNDRmMjc0NWZhY2EzXkEyXkFqcGdeQXVyNzM0MTUwNTY@._V1_
Dennis Hopper (chapéu), Peter Fonda, e Jack Nicholson (garupa)
Foto: IMDb

Autor: Paulo Alfuns

...poeta por (vocação), astrólogo por (formação), freelancer na luta do ganha-pão....

2 comentários em “Sem Destino”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s