Cúpido do amor

Lançei
uma flecha
no seu coração
penetrou forte,
e causou,
dor, estragos
arrepios de amor…

Lançei
uma flecha
na palavra
que não
queria te dizer,
tu abraçou
guardou,
e não revelou…

Lançei
uma flecha,
no encontro
do teu caminho,
mas, tu safado
já tava se divertindo,
traçando o cu
do vizinho…

Paulo Alfuns

Autor: Paulo Alfuns

...poeta por (vocação), astrólogo por (formação), freelancer na luta do ganha-pão....

3 comentários em “Cúpido do amor”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s