poema

No ar

Caminho
como se estivesse
no ar,
É uma sensação
estranha,
como explicar
não há…

E se não
há explicação,
então fico
assim,
meio aqui,
meio em outra
divagação…

Paulo Alfuns

Um comentário em “No ar”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s