Um dia, no tempo

Hoje
Não tem praia
Tem um vento
frio, um ar gelado
E uma chuva
que espera cair…

Hoje
Não tem tristeza
Não tem alegria
Tem um dia
de cor cinza,
e sem simpatia

Hoje é o princípio
do nada,
de uma caminhada
sem pódio,
sem largada

Hoje tá bom
pra dormir
Talvez,
sonhar e sorrir
e agradecer
por ainda existir…

Paulo Alfuns

* poema publicado originalmente no dia 21/08/2016 numa rede social, na minha ex página Curti poesia…

Autor: Paulo Alfuns

...poeta por (vocação), astrólogo por (formação), freelancer na luta do ganha-pão.... ps; Alfuns é meu segundo nome em sua forma original, arcaica, que através dos séculos, ganhou o mundo, conheceu outras línguas, e foi sendo adaptado... mas é meu nome (com tudo o que significa)...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s