Quem não conhece a si próprio, não conhece ninguém

Meu sorriso
torto,
se mostra
sem que,
eu possa controlar
É um reflexo
do meu Eu
que se projeta
sem pensar

Meus eus verdadeiros,
estão sempre
a me desafiar
Eu vou lutando
para que não
possam me
ganhar

Meu sol / ascendente
são duplos,
em seu manifestar
Minhas facetas
são múltiplas
Não perca
tempo,
em me rotular…

Paulo Alfuns

Autor: Paulo Alfuns

...poeta por (vocação), astrólogo por (formação), freelancer na luta do ganha-pão....

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s