Metáfora da metáfora do nada

Caminhando por ruas longas,
e desertos floridos
Buscando inspiração,
para transmitir emoção…
com os pés descalços
e as mãos na areia
Caminhando no novo amanhecer
com o Sol brilhando,
livido,
entre a manhã, tarde
até encontrar o anoitecer…

Paulo Alfuns

* publicada originalmente no dia 30/06/2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: