Pedras no caminho

O mago cruzou
a aurora,
erguendo a espada
se lançou no mundo
sem demora

Atravessou as paredes
de vidro,
da cidade Infernal
encontrou 03 feras
de rostos mágicos,
e ar abismal

Ao passar
pela estrada
de vielas e cruzes
sentou nas pedras
do caminho

O mago
sabia onde ia,
e seguia,
intocado
em seu caminho

Paulo Alfuns

* publicado originalmente no dia 17/11/2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: