Tempo

Todos os dias
há flores nos jardins
Algumas sorriem
outras gargalham,
numa alegria sem fim…

Todos os dias
caem as folhas
daquelas que eram
sombras para os homens
pouso pra gaivotas…

Todos os dias,
os climas
se encontram
cada vez
mais bizarros,
uns vêem
outros sucumbem,
e, no final
Tudo se funde…

Paulo Alfuns

Publicado por Paulo Alfuns

Paulo por Paulo... emocional (às vezes), sexualmente transparente, nunca faço média, individualista (nunca egoísta), narcisista (?) talvez... 💋

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: