Rock e homens bonitos

Sempre gostei de rock e homens bonitos… Escuto rock desde a infância, porque foi o gênero, que a vida toda, desde a infância aos dias de hoje, me identifiquei, e fala às minhas emoções… Meu primeiro, ídolo, surgiu só na adolescência, o Billy Idol… adorava, seu som, leve e pra cima… o primeiro pagamento doContinuar lendo “Rock e homens bonitos”

Versos

Hoje é um dia, um lindo dia, que seja só de pura alegria Hoje é o dia, o dia que precede o amanhã, e depois do dia de amanhã, o que nos espera, alguém saberia? Hoje é, amanhã será, e, o que for depois, da próxima manhã, já não mais se repetirá… Paulo Alfuns

Entre o ser e o ser…

Busco nas rimas, minha forma de me expressar Vou tateando aqui, e ali respirando as palavras certas, pra melhor calhar Numa poesia às vezes, toscas, às vezes fingida, vou mantendo minha linha, não, importando se é bem escrita… Seja, lá o que for, transparente ou obscura mostra, sem receio em meio a devaneios, um reflexo,Continuar lendo “Entre o ser e o ser…”

Coração

Encontrou seu coração, caído no chão, estava em volto em brumas, taças de vinho redenção Naquela hora não, gostaria de continuar mas, a força movia e, não podia parar… Procurando, não se enganar não deixava de se sentir satisfeito, por ainda, continuar a acreditar… Paulo Alfuns

Um pouco de ♑

Um pouco de ♑, o signo que abre o ano novo… ♑… é um signo da terra, com iniciativa, vontade, e que sabe o que quer… a vida, desde quando são muito jovens, costuma exigir deles certa responsabilidade, e serão muito testados, vivenciando situações por vezes duras demais, mas, que servem para seu crescimento interiorContinuar lendo “Um pouco de ♑”

Anna Ka e seus olhos de amêndoa…

a atriz Anna Karina (foto web) Não havia luz em Alphaville sinistros eram seus cenários Não havia luz apenas o brilho opaco do seu fundo escuro Não havia encontros em Alphaville apenas desencontros das almas perdidas, esquecidas entregues a morrer e ao morrer… Não havia dita era puramente dura e não havia escolha… a nãoContinuar lendo “Anna Ka e seus olhos de amêndoa…”

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora