Machado

machad-abr
Foto de Machado de Assis recriada pelo movimento Machado de Assis Real

Aquele que é tido como nosso maior homem de letras, o gigante Machado de Assis, tem sua imagem reconstituída na forma tal qual ele realmente era… Um homem negro, com a cor e os traços marcantes característicos da sua origem… Houve por um tempo absurdo, que inclui os dias de agora, uma imagem do escritor numa pele embranquecida que não era a sua… Eis agora que o temos como de fato, era…

Agradecido!

Paulo Alfuns

Dia do livro… Bora indicar…

Boa noite pra nós!

Hoje é o Dia Internacional do Livro

Gostaria de compartilhar ao menos alguns que por um motivo ou outro tiveram muita importância na minha mente, na minha formação de leitor, e por extensão na minha própria vida…

Trapo de Cristóvão Tezza – sem comentários, é um dos mais fascinantes da nossa literatura, li muito novo também, me marcou demais…

Bala na Agulha do Marcelo Rubens Paiva – acredito eu que ainda é atualíssimo esse livro, principalmente nos dias de hoje… li quando foi lançado,nunca me esqueci, só posso dizer que marcou…

Ciranda de Pedra da Lygia Fagundes Telles – li e reli (um dos poucos) na minha adolescência e é da minha autora brasileira do coração…

As Meninas da Lygia Fagundes Telles – gostaria muito de assistir uma versão cinematográfica desse livro, espero que um dia role…

Verão no Aquário da Lygia Fagundes Telles – li na minha adolescência, junto com os outros 02 acima citados…

O Morro dos Ventos Uivantes da Emily Brontë – li, e reli ( um dos poucos que reli na vida) é fascinantemente sombrio…

Jane Eyre da Charlotte Brontë – é da minha pré adolescência, amei…

A Idade da Razão do Jean-Paul Sartre – dizem que tu tem que ter a idade certa pra ler essa obra prima, então eu tava no momento ideal… transmutou minha mente…

O Vermelho e o Negro do Stendahl – ainda não consigo falar sobre, li numa momento crucial da minha vida…

O Filho do Trapeiro do Kirk Douglas – uma das mais francas e verdadeiras autobiografias que já li de um grande astro hollywoodiano, indispensável pra qualquer cinéfilo como eu…

Jinetes en la Tormenta do John Densmore – livro de memórias do baterista da minha banda do coração The Doors…

O Escaravelho do Diabo de Lucia Machado de Almeida – foi o primeiro livro que li na vida e me despertou o amor, apego, e gosto pela leitura e literatura… até hoje…

Paulo Alfuns